Acupuntura

acupunturaA aspecto fundamental da terapia na Medicina Tradicional Chinesa (MTC), consiste em “favorecer o que e normal e expulsar o que é anor-mal”. “Normal” refere-se ao equilibrio dentro do organismo, a sua capacidade de defesa e de adaptar-se a um ambiente mutável. “Anormal” refere-se aos fatores nocivos que perturbam o funcionamento e o desenvolvimento normal do corpo, causando doenças. A organização mundial de saúde (OMS), reconhece a acupuntura como um método de tratamento terapêutico complementar, de ação no Sistema Nervoso Authnomo (SNA) de atuação neuromoduladora, dos Sistemas Nervo simpático e parassimpático gerando a homeostase, equilibrio dos sistemas . Fornecendo a regulação funcional do organis-
mo

Esta técnica vem associada a outras formas de tratamento como auriculoterapia, “terapia de microssistemas”, esta especialidade, consiste na estimulacao auricular, promovendo ações locais e quanto ao nível do corpo, como o nervo auricular maior e occipital menor e por nervos cerebrais, como o auriculotemporal, facial, glossofaringeo, ramos do vago e simpático. Também inclui-se a crâniopuntura igualmente classificada como “terapia de microssistemas”, pois sua estrutura tem uma representação somática do corpo.

São diversas as patologias que podem ser tratados através da (MTC), dentre elas estão classificadas as de carater funcional e estrutural: cefaleias, enxaquecas, neurastenia, insônia, depressão, ansiedade, estresse, doenças relacionadas ao sistema neurológico, cervicalgias, dores lombares, ciatalgias, dismenorreias, dislexias, úlceras gástricas e duodenais, gastrite e colosistites, hipertensão arterial, prostatite, hiperplasia prostática benigna, patologias alérgicas, dependências como alcoolismo, drogas e tabagismo, dores e irregularidades menstruais, in-fertilidade, problemas decorrentes da menopausa, sinusite, vertigens, zumbidos. Sublinhe-se que a (OMS) reconhece a acupuntura como método terapêutico de eficácia no tratamento destas doenças.